Fazer depósitos num banco online é tão seguro quanto num banco tradicional?

A pergunta do título continua a chegar-nos repetidamente. Alguns dos nossos leitores vão percebendo que, tipicamente, os bancos mais centrados na oferta via internet/homebanking/online e menos numa vasta rede de balcões físicos têm oferecido taxas de juro mais atraentes nos depósitos a prazo (confira aqui:”Depósitos“).

Juntando esta atratibilidade à maior perceção de risco face ao atual momento económico, é natural que os potenciais interessados desconfiem e queiram saber se as melhores taxas significam que estão a “comprar” mais risco ou que estão a ser premiados por uma estrutura bancária mais competitiva.

Não vamos nem temos condições para analisar e comparar a saúde financeira de cada banco pelo que esse nível de incerteza não será resolvido por esta prosa, contudo, podemos sublinhar que as regras do supervisor financeiro dedicadas a promover a estabilidade e solvabilidades das instituições bancárias não discrimina segundo o canal preferencial de se captar e lidar com os clientes. Em suma, o grau de exigência é comum a todos os bancos autorizados a operar e, naturalmente, todos os depósitos a prazo colocados em bancos que têm sede em Portugal e que, como tal, estão sob  a proteção do Fundo de Garantia de Depósitos português, partilham o mesmo grau de proteção.

Numa nota mais pessoal, acrescentamos ainda que o fator determinante não deverá ser o de saber se o banco é online ou não mas antes garantir que a proposta é legítima e real (neste aspeto não perde nada em ler “Banca online: avisos de segurança informática da Associação Portuguesa de Bancos“) e, claro, garantir que o banco tem bom nome na praça, é sólido e  sustentável, algo que poderá não ter nada a ver com o factor online.

Eis a nossa base de dados com as taxas de juro oferecidas em mais de 200 depósitos a prazo que atualizamos regularmente.

Bons negócios!

Tagged under:

Deixar uma resposta