Estágios profissionais não remunerados proibídos mas com muitas excepções

O Governo está anunciar na Assembleia da República que os estágios profissionais não remunerados serão proibídos admitindo-se apenas como excepção os de advogados, os de arquitectos, os estágios curriculares e os de muito curta duração. O Estado avançará com 50.000 estágios remunerados em 2011 que conferirão inscrição na segurança social e constituirão um possível início de carreira contributiva no caso dos estagiários ainda não terem tido emprego anterior.

Notícias sobre o assunto: Negócios; Económico; Agência Financeira.

Perguntas sugeridas para os jornalistas profissionais da praça:

  • Quantos estágios profissionais não remunerados terá havido ao longo de 2010?
  • Quantos desses eram de advogados? Quantos eram de arquitectos? Quantos eram curriculares?

Tagged under:

1 Comentar...

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.