Trocas de Opinião

Já conhece o Trocas de Opinião? É o mais novo “mercado português”. Trata-se de um mercado de previsões dinamizado pelo Pedro Magalhães que aqui procuramos promover. O registo é livre e gratuito e o exercício será tanto mais interessante quanto maior a sua liquidez. É tudo a brincar e ninguém tem que se preocupar com o regulador… Aliás, há um detalhe curioso, é que o primeiro ajustamento às regras do jogo tomado pelo gestor de mercado foi… limitar o short selling 🙂 

Venha daí e ajude o Trocas de Opinião a beneficiar da sabedoria das massas pela lei dos grandes números. Será melhor que as sondagens?

Eis uma breve descrição feita pelos próprios:

Os Mercados de Previsão (também conhecidos por “Prediction Markets”) são mercados onde os participantes “apostam” de forma virtual (usando, no nosso caso, “trocos”) ou real (não é o nosso caso) sobre a probabilidade de algum acontecimento futuro ocorrer. Estes mercados podem ser usados para prever uma ampla variedade de eventos como resultados de eleições, evolução de indicadores económicos, resultados desportivos ou outros acontecimentos futuros de cariz social.

No caso do Trocas de Opinião iremos centrar a nossa atenção sobre fenómenos políticos, especialmente as previsões de resultados eleitorais.

Nos Mercados de Previsão, as informações e intuições de todos os participantes do mercado são trazidas para a tomada de decisão rapidamente e de forma anónima, através da decisões simples de “aposta” por parte dos participantes. E, por mais espantoso que possa parecer, os Mercados de Previsão, ao agregarem de forma anónima as opiniões e escolhas de milhares de pessoas, muitas delas não peritas, tendem a produzir previsões que demonstram alto grau de fiabilidade.

É isso que pretendemos fazer com o Trocas de Opinião. Testar o conceito dos Mercados de Previsão em Portugal e averiguar qual o grau de precisão que é possível obter. É uma matéria de potencial interesse académico mas também social, económico e político. (…)”

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.