Carros eléctricos: subsídio de 5000 euros para todos ou só para os primeiros 5 mil?

ACTUALIZAÇÃO: O Governo aprovou um decreto lei sobre este tema em 3 de Dezembro de 2009. Detalhes aqui: “Subsídio do Estado à aquisição de carro eléctrico fixado nos 5 mil euros“.

Passando pela imprensa descobrimos que o Estado vai financiar junto do consumidor final a aquisição do novo carro electrico da Nissan. Se lermos o Jornal de Negócios o subsídio é de 5000 euros para carros eléctricos, acumulável com a bonificação para o abate de veículos em fim de vida.

Contudo, se lermos o Público descobrimos que este subsídio se destina apenas aos primeiros 5 mil veículos vendidos. Uma LIGEIRA diferença. Como precaução e até que se esclareça quem tem razão destaco o parágrafo do Público:

“Os primeiros cinco mil carros eléctricos a serem adquiridos por particulares entre 2010 e 2012 beneficiarão de um incentivo à aquisição de cinco mil euros cada. O prémio sobe para 6500 euros no caso de a aquisição ser feita com abate de veículo velho, segundo anunciou hoje o primeiro-ministro, José Sócrates. (…) Para as empresas, o incentivo à aquisição destes veículos para as respectivas frotas far-se-á em sede de IRC, com uma redução em 50 por cento de IRC relativo ao montante do veículo, para o mesmo período entre 2010-2012.  (…)”

in Público.

Tagged under:

1 Comentário

  • jose oliveira Responder

    A pergunta que aqui deixo é se é ou não verdade que o estado dá o incentivo de 5000 euros para quem adquire um veiculo eléctrico e se é para todos ou os primeiros 5000 compradores? é que eu não percebo nada, parece que se traz para este meio de informação só palha para os burros comerem. Afinal onde eles guardem essas leis? não são aprovadas? ou têm um português pouco transparente na qual ficamos com dúvidas quando ao seu verdadeiro significado? Meus amigos, acho que Portugal tinha muito a ganhar se o povo adquirisse ” o carro do povo”, que como vem sabem tem que ser á medida do seu salário que é o mínimo, na sua maioria, não contando, evidentemente, os que estão desempregados, que já são muitos, mas certamente que são muitas as divisas que saiem dos bolsos dos portugueses e do país, que para alguns, ainda é muito rico e ganha-se dinheiro.
    Aqui em Portugal não se faz nada, não se produz nada, importa-se tudo do estrangeiro. Não sei porque motivo não se produz carros electricos em Portugal ! Presencio universidades portuguesas a desenvolver este tipo de veiculos, mas pelos vistos é para a produção estrangeira. Admirável!

Deixar uma resposta