Síntese de Execução Orçamental – 2007 ano completo

Eis o Boletim Informativo com a Síntese de Execução Orçamental de Janeiro a Dezembro de 2007 que acabou de ser divulgada. Se se justificar voltarei ao tema no corpo deste artigo.

É impressionante o ritmo de crescimento das receitas do Estado, acima dos 9% (9,2%) sensivelmente o dobro da “velocidade” a que se espera venha a crescer o PIB em termos nominais. Na despesa o ano também fechou com números surpreendentes com uma subida bastante moderada de 3,2% das quais se destaca um crescimento ínfimo nas despesas em Remunerações certas e permanentes, de 0,8%.

O défice não fechará significativamente abaixo dos 3%? Vejamos o que falta para encerrar a conta e o que terá o INE a dizer (na medida das suas capacidades, naturalmente).

Adenda: Nem mais: o Ministro das Finanças avança com a revisão das metas para o défice de 2008 (a anunciar proximamente)  garantindo que em 2007 ficará abaixo dos 3%.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.