Quanto do PIB escapa à economia formal?

Eis um estudo que tenta resonder.

A economia informal, ou seja aquela que não é declarada, tem um peso de 22,3 por cento em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) oficial, valores que se referem a 2002 e 2003 e que estão muito acima da média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), situada nos 16,4%. (…)”

Notícia completa aqui.

3 comentários sobre “Quanto do PIB escapa à economia formal?

  1. Pedindo antecipadas desculpas pela “invasão” e alguma usurpação de espaço, gostaríamos de deixar o convite para uma visita a este Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa…

  2. Olha aqui está um dado estaístico que não tem flutuado muito nas duas últimas décadas, e explica boa parte do (não) combate ao déficit. Se o valor em causa (entre os 22% e os 25%) baixasse 20%, muitos dos esforços e sacrifícios pedidos aos cumpridores de sempre, não seriam necessários.

    mas atacar o problema pela raiz doi, tanto mais quanto boa parte da economia informal (expressão honrosa para o que muitas vezes quer dizer) passa pelos corredores do poder ou a quem a eles está ligado. Não é preciso dizer mais …

    Nihil sub sole novum, “(Não há) nada de novo debaixo do Sol” (Eclesiastes, Prólogo, na tradução latina da Vulgata).

  3. Gostaria de opiniões a respeito do tema: fatores que proporcionaram um aumento na Economia Formal do Brasil no ano de 2008. Thanks

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.