Taxa de inflação desacelera em Agosto

"Em Agosto, a taxa de variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) situou-se em 2,1%, três décimas de ponto percentual abaixo do valor observado em Julho de 2007. A variação mensal foi -0,4%, três décimas de ponto percentual inferior à do período homólogo. A variação média dos últimos doze meses manteve-se nos 2,5%.
O Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português registou uma variação de 1,9% face a Agosto do ano anterior. O IHPC apresentou uma variação mensal de -0,4%, três décimas de ponto percentual inferior à registada em Agosto de 2006. A taxa de variação média dos últimos doze meses manteve-se nos 2,5%."

in INE

Olhando para o detalhe vemos os Transportes a juntarem-se às Comunicações nos contributos negativos para a taxa de variação homóloga.

Em Agosto os preços voltaram a descer face ao mês anterior (o que é típico nesta altura do ano) contudo, o movimento foi particularmente intenso. O Vestuário e Calçado tiveram este ano um contributo mais expressivo do que é habitual. Aparentemente os saldos foram mais baratos que no ano anterior. 

2 Comentários

  • Nuno LoureiroResponder

    Os saldos não foram mais baratos, começaram foi mais cedo..

  • Rui MCBResponder

    Até que ponto a alteração formal das datas de saldos teve reflexo nos preços praticados?
    Talvez tenho tido algum efeito mas é difícil de quantificar.
    De qualquer forma não estou bem certo se no mês de Agosto a diferença pudesse ser significativa. O Nuno tem presente a mudança? Os efeitos teriam começado em Julho ou em Agosto?

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.