Jardim Gonçalves e Joe Berardo: Zangam-se as comadres… (act.)

Infelizmente não pude assistir à entrevista hoje concedida por Joe Berardo a Mário Crespo na Sic Notícias. Lendo Eduardo Pitta no Da Literatura (escritor da nossa praça e blogger há vários anos que tem também larga experiência na área economico-financeira) fico em sentido. A figura de Joe Berardo não me inspira particular motivação (leia-se "Berardo como ele é"), contudo, acreditando na análise de Eduardo Pitta, desta vez temos notícia de choque na banca nacional, ou não teremos?

" (…) Berardo, que não usa língua de pau, chamou os nomes aos bois: o problema informático que fez abortar a assembleia-geral foi intencional. Fraude, portanto. Fraude, disse ele, e deu exemplos. Também contou histórias. Uma delas: há poucos anos, o BCP apresentou em Wall Street contas diferentes das que em simultâneo apresentava em Lisboa. Na Bolsa de Nova Iorque, tudo certinho, prejuízos incluídos. Em Portugal, superavit. E de tal monta que Jardim Gonçalves, só à sua conta, teve direito a um prémio de cinquenta milhões de euros. Isto, diz Berardo, é inqualificável. Como quem não quer a coisa, falou de banqueiros americanos, eminentes (citou-os pelo nome), condenados a trinta anos de cadeia. E foi lembrando que há milhares de pequenos accionistas que se endividaram junto do BCP para comprarem acções. Essa gente está a ser defraudada. Pois. A entrevista, muito bem conduzida por Mário Crespo, que soube sublinhar os tópicos mais melindrosos, foi mais longa do que é habitual no Jornal das 9. Depois do que ali foi dito, nada pode (nem deve) ficar como dantes. A ver vamos o que acontece. As manchetes de amanhã serão um primeiro sinal. Mas, ou muito me engano, ou vai toda a gente assobiar para o lado."

Que melodia se se assobiará pela bandas da CMVM, do Banco de Portugal e do Ministério das Finanças? Berardo mente? Liberdade de expressão é o que não falta a Joe Berardo seguramente.

Prosa integral aqui: "BOCA NO TROMBONE" no Da Literatura.

ADENDA: No pasa nada…

ADENDA II (ao cuidado da imprensa – 9 de Agosto de 2007): MAIS DO MESMO

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.