3 comentários

  1. É bem verdade.

    Para fugir ao mero ‘sobe’ e ‘desce’, usam-se muitas vezes termos (demasiado) imaginativos…

    Outra coisa que me faz uma confusão imensa é ouvir dizer que um título subiu, p.e., 0,89 % (“zero, vírgula, oitenta e sete por cento”)… parece-me um preciosismo perfeitamente escusado e, aliás, contraproducente, porque o “oitenta e nove” polui a audição, que acaba por deixar para segundo plano o “zero, vírgula”…

    No caso, as 2 casas decimais, sendo informação muito detalhada, acaba por ser informação menos ‘relevante’ que um simples 0,9 %, por exemplo.

    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.