Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia

Consumidores: Confiança e expectativas de poupança registam mínimos

"O indicador de clima económico agravou-se ligeiramente em Agosto, tendo a maioria dos indicadores de confiança sectoriais apresentado uma evolução negativa.

Na Indústria Transformadora, o indicador de confiança deteriorou-se nos dois últimos meses, movimento que em Agosto reflectiu o aumento relativo das opiniões negativas sobre as evoluções da procura global e da produção prevista.

No Comércio, a redução do nível do indicador de confiança foi menos acentuada do que nos três meses anteriores, sobretudo devido à pequena recuperação no Comércio a Retalho.

Nos Serviços, o respectivo indicador de confiança piorou pelo terceiro mês consecutivo, o que, no mês em análise, esteve associado à deterioração das apreciações relativas à actividade da empresa.

Na Construção e Obras Públicas, o indicador de confiança retomou a tendência ascendente iniciada em Janeiro, em resultado da melhoria observada em ambas as suas componentes.

O indicador de confiança dos Consumidores agravou-se, em resultado do comportamento desfavorável de todas as suas componentes. As expectativas quanto à situação económica do país, quanto à evolução do desemprego e quanto à capacidade de poupança do agregado apresentaram variações particularmente intensas. (…)"

Análise completa no sítio do INE, mais concretamente aqui

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.