Dez anos de Economia e Finanças

Dez anos de Economia e Finanças

Celebrámos no passado dia 30 de setembro de 2016 a primeira década de existência com presença diária na internet. Economia e Finanças, Depósitos a Prazo, IRS, Impostos, Simuladores, Segurança Social, Poupança, Legislação, Emprego, Orçamento do Estado e muito mais têm sido os temas da nossa preferência e dos nossos leitores. Nestes 10 anos tivemos mais … Ler mais

Economia e Finanças muda de desenho gráfico

[wp_ad_camp_1] Sem prejuízo de alguns afinamentos futuros, nos próximos tempos esta é a nova face do Economia e Finanças. As alterações foram profundas a vários níveis. Destacamos a nova página frontal que se aproxima mais de uma lógica de portal de promoção dos artigos mais recentes e não tanto de leitura contínua como antigamente, possuindo … Ler mais

Nós só queremos um 2011 tão bom quanto foi 2010

Dentro de algumas horas as palavras de ordem em muitas empresas serão: “Inventário” e/ou “Fechado para Balanço”. Por aqui as contas são fáceis de fazer. Em 2010 tivemos mais 63,5% de visitantes únicos que em 2009. Tivemos mais 66% de páginas visitadas do que em 2009 e o número de visitantes que regressaram sucessivamente para … Ler mais

Hoje fizemos 4 anos!

Foi a 30 de Setembro de 2006 que começámos esta aventura que se aproxima rapidamente dos 1500 artigos publicados. A gestão do tempo disponível nesta que é uma actividade assessória para os que colaboram no Economia & Finanças de modo a produzir analises, destaques e informação relevante para quem escreve e para quem lê (isto … Ler mais

Temos 3 milhões de visitantes únicos no bolso. E agora?

Em menos de 4 anos recebemos 3 milhões de visitantes únicos, um terço do quais nos últimos seis meses mas não, não temos nenhum visitante no bolso. O título é uma desmontagem da seriedade talvez excessiva que por aqui reina habitualmente.

Esta página que lêem é um blogue, feito por (muito poucas) pessoas que seguem  o princípio de escrever aqui uma parte do que também gostariam de ler em termos informativos. Só mantendo fidelidade a este princípio hedonista se consegue sustentar esta actividade amadora durante quase 4 anos. Por vezes há opinião, muitas outras aquilo que se pode chamar de jornalismo sem carteira ou de cidadão, episodicamente haverá ainda algum disparate como o do título, com o propósito já sublinhado.

A simples tarefa de procurar divulgar as respostas e a informação que nos parece útil, é quanto baste para ser uma fórmula de sucesso à escala de um blogue. Desde que surgimos, vimos nascer dezenas de sítios igualmente amadores na internet, a seguirem um percurso paralelo ao nosso ou mesmo mimético, e vimos tanto o Jornal de Negócios como o Diário Económico  (os dois órgãos de informação diária especializados em Economia & Finanças em Portugal) criarem os respectivos guias do investidor ou de finanças pessoais, reagindo assim a esse nicho de interesse (com potencial económico inegável) que andava um pouco desleixado e entregue aos amadores e amantes do jornalismo de cidadão.

Ler mais

Mais de 3000 gostam disto. E você?

Assinala-se mais um número redondo na lista de leitores que optaram por receber os nossos artigos pelo Facebook. Com este número é inquestionável que esta é a forma preferida por mais leitores, seguida de perto do envio diário de um e-mail e também de quem recebe os artigos completos no seu leitor de rss. Em … Ler mais

Gosto muito de ti Economia – actualização

Caríssimos,

Andamos a testar novos dispositivos de contacto via redes sociais, dando particular destaque ao Facebook. Além da nossa página de fãs que o Facebook transformou agora em páginas de “gostos” e a qual qualquer um pode subscrever para receber a nossas actualizações na timeline com o tal simples “Gosto” que se vê no topo da coluna da esquerda, resolvemos integrar nos artigos que aqui publicamos a possibilidade de os apreciar individualmente recorrendo também ao famosos botão do Facebook.

Se gosta em particular de um artigo, se o considera útil, então diga-nos isso com o simples clique e/ou comentário. Prometemos que no dia em que o Facebook responder aos anseios de muitos utilizadores e “inventar” o botão de “Não gosto” também procuraremos integrá-lo aqui.  De momento, esta parece-nos a forma mais simples de percebermos o que é mais do agrado de um número mais significativo de leitores. Internamente, já sabemos quais os temas e artigos mais populares, mas quais são aqueles que os levam verdadeiramente a dizer “Gosto de ti”? 🙂

Ler mais