Vitor Bento – a crise do euro não é um problema de finanças públicas

Recomendamos vivamente aos nossos leitores um ensaio muito informativo e formativo de Vitor Bento, publicado no Observador que é particularmente significativo, não pela novidade dos argumentos (que andam há muito a ser apresentados por alguns políticos e economistas nacionais e internacionais), mas por vê-los perfilhados por uma figura insuspeita de ser um radical, em termos políticos. Um excerto para aguçar o apetite:

“(…) O problema tem sido, desde o início, identificado como um problema de finanças públicas e de dívida soberana, quando o não é. Há, de facto, problemas de finanças públicas e de dívidas excessivas, e que têm que ser resolvidos, mas não são estes que estão na origem da crise da zona euro, nem eram o seu principal problema, quando esta eclodiu. Pelo contrário, os problemas das finanças públicas agravaram-se profundamente em consequência da crise e da forma como esta tem sido tratada. (…)”

A ler “Eurocrise: uma outra perspetiva

Tagged under:

Leave a Reply

Your email address will not be published.