Porquê pagar comissões por tudo e por nada?

By Dinheiros Leave a comment

Nos últimos anos tem sido moda pagar comissões bancárias. Os juros caíram e os bancos baixaram os juros que oferecem nos seus depósitos e ainda aumentam as suas comissões a torto e a direito. Mas será que isto faz sentido? Será que tem de pagar comissões por respirar?

Porque é que as comissões têm andado a subir?

No passado, a grande fonte de rentabilidade dos bancos era a concessão de crédito. Os bancos financiavam-se com uma taxa mais baixa e depois concediam crédito com uma taxa superior. Acontece que as taxas de juro caíram para valores perto de zero e muitos clientes, mesmo assim, deixaram de pagar os seus créditos. Assim, os bancos tiveram de se voltar para outras fontes de receitas e qual a receita mais fácil de aumentar?

Acertou… o mais fácil de fazer é aumentar as comissões de manutenção de conta e outras comissões. Muitos bancos sabem que os seus clientes muitas vezes nem reparam que pagam comissões e mesmo que reparem a inércia faz o seu trabalho.

Porque é que pagamos comissões bancárias?

Esta pergunta tem uma resposta interessante. Em primeiro lugar, muitas pessoas são levadas a pensar que todos os bancos cobram comissões por tudo e por nada. Não é verdade. Há bancos que não nos cobram estas comissões. Em segundo lugar, mais uma vez, apesar de algumas pessoas saberem que podem mudar, simplesmente não mudam. Por inércia. Porque têm um crédito habitação (que também não querem transferir para poupar dinheiro com um spread menor). Ou simplesmente porque não se querem dar ao trabalho.

Porque é que há bancos que não lhe cobram comissões?

Há bancos que não cobram comissões na maioria dos serviços que prestam. Optam por não cobrar comissões por diversos motivos:

  • Porque têm uma estrutura de custos mais reduzida, optando por passar esta poupança para os clientes;
  • Porque se focam mais em plataformas digitais, o que facilita o relacionamento bancário e também evita custos;
  • Porque se querem diferenciar também por esta via;
  • Porque querem que a sua fonte de receita seja a concessão de crédito.

O que escolher?

Pode acontecer que um banco que não lhe cobre comissões não seja o banco mais adequado às suas necessidades (o que duvidamos). Os bancos têm os seus objetivos e têm como alvo determinado tipo de clientes. Assim, é fundamental que perceba qual o melhor banco para a conta à ordem tendo em mente as suas necessidades e objetivos.

Tagged under:

3 Comentários

  • Artur Fernando BarretoResponder

    Uma boa opção que tomei,foi que abri conta nos CTT, não cobram qualquer comissão em conta à ordem igualmente nas transferências inter-bancarias, tal como o cartão de débito. Apenas espero que tais condições não sejam apenas temporárias.
    Cumprimentos.

  • Fernando MadeirasResponder

    A conta SMB tem todos os serviços que os clientes (com pouco dinheiro) utilizam por 0€, os que têm mais dinheiro não pagam nas outras contas.
    As regras estão feitas para que todos possam não pagar comissões.
    As pessoas tem é que abrir a pestana, não podem andar a dormir feitos “ZOMBIES”, parece que andam todos a andar pelas ruas como sonambulos.

  • Carlos SilvaResponder

    Na notícia acima diz que alguns clientes não mudam de banco por estarem presos por um crédito à habitação. Esses mesmos clientes no momento em que são notificados da mudança do preçário, podem dirigirem-se ao banco e dizer que não aceitam esse custo adicional. De referir que os custos de uma conta à ordem imposta pelo banco fazem parte do contrato ainda que isso não esteja expresso. O cliente pode sempre argumentar que teve isso em conta no momento em que celebrou o contrato.

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.