Volume de Negócios nos Serviços bate Recorde Histórico em Novembro de 2016

Pelo segundo mês consecutivo o Índices de Volume de Negócios dos Serviços calculado mensalmente pelo INE bate o recorde histórico em termos de taxa de crescimento homólogo. Em outubro o índice de volume de negócios havia crescido 5,5% face a outubro de 2015 o que era já o valor mais elevado desde que o INE iniciou o cálculo deste indicador em janeiro de 2019. Um mês depois o índice acelerou para 7,6% consolidando o terceiro mês consecutivo de crescimento do volume de negócios nos serviços.

 

Volume de Negócios nos Serviços bate recorde histórico

Os setores afetos a atividades relacionadas com o turismo como sejam os transportes aéreos ao a aluguer juntamente com o comércio a retalho (de veículos e não só) e comércio por grosso registam crescimentos acima da média mas não são os únicos, destacam-se também atividades económicas como a CAE 71- Atividades de arquitetura, de engenharia e técnicas afins; atividades de ensaios  ou a CAE ou a CAE 74- Outras atividades de consultoria, científicas, técnicas e similares.

Com evolução em contraciclo em novembro de 2016 destacam-se as CAE de 73- Publicidade, estudos de mercado e sondagens de opinião e de 74- Outras atividades de consultoria, científicas, técnicas e similares.

Volume de Negócios nos Serviços bate recorde histórico
Volume de Negócios nos Serviços bate recorde histórico

Esta análise baseia-se em dados que o INE tratou quanto a eventuais fatores de sazonalidade e efeitos de calendário e é ainda incompleta quanto a alguns setores de atividade associados por exemplo ao turismo cujos dados só estarão disponíveis mais adiante.

Este é mais um de vários indicadores que permitem antecipar com razoável otimismo que o PIB no quatro trimestre terá mantido ou mesmo acelerado o seu ritmo de crescimento homólogo.

O INE deverá divulgar a estimativa rápida sobre o PIB no último trimestre de 2016 em meados do mês de fevereiro de 2017.

Mais detalhes aqui sobre o Índices de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas nos Serviços.

 

Deixar uma resposta