Taxas de Usura em vigor no 4º trimestre 2017

Saiba quais as Taxas de Usura em vigor no 4º trimestre 2017 divulgadas pelo Banco de Portugal e compare-as com o que esteve em vigor no 2º e 3º trimestre de 2017, por tipo de crédito.

Como pode constatar da comparação, na maioria dos casos regista-se uma redução dos limites máximos das taxas de juro que os intermediário financeiros podem cobrar aos seus clientes de crédito.

Os valores referentes ao 4º trimestre aplicam-se aos novos contratos firmados entre 1 de outubro e 31 de dezembro de 2017.

Taxas de Usura em vigor no 4º trimestre 2017

 

A tabela que se segue foi construída tendo por base informação oficial divulgada pelo Banco de Portugal, numa base trimestral, ao longo do ano de 2017.

No início de dezembro de 2017, o Banco de Portugal deverá, como habitualmente atualizar esta informação, divulgando as taxas de usura que se aplicarão entre 1 de janeiro e 31 de março de 2018.

Recorde-se que estas taxas resultam de uma fórmula de cálculo utiliza informação real praticada no mercado, definindo os limiares máximos de forma adaptativa considerando as Taxas Anuais de Encargos Efetivas Globais (TAEG) médias praticadas no trimestre imediatamente anterior ao de referência e aumentadas em 25% (não podendo superar a TAEG média da totalidade dos contratos de crédito aos consumidores acrescida de 50%).

3.º trimestre de 2017TAEG máxima – 2º TrimestreTAEG máxima – 3º TrimestreTAEG máxima – 4º Trimestre
Crédito PessoalFinalidade Educação, Saúde, Energias Renováveis e Locação Financeira de Equipamentos5,6%5,5%5,5%
Outros Créditos Pessoais (sem finalidade específica, lar, consolidado e outras finalidades)14,1%14,1%13,8%
Crédito AutomóvelLocação Financeira ou ALD: novos5,4%5,3%5,1%
Locação Financeira ou ALD: usados6,5%6,7%6,3%
Com reserva de propriedade e outros: novos10,0%9,8%9,2%
Com reserva de propriedade e outros: usados12,6%12,3%12,3%
Cartões de Crédito, Linhas de Crédito, Contas Correntes Bancárias e Facilidades de Descoberto16,7%16,4%16,1%
Ultrapassagens de crédito16,7%16,4%16,1%

Deixar uma resposta