Menos Desempregados em Abril 2016 (IEFP)

Instituto de Emprego e Formação Profissional

Houve menos desempregados em abril 2016? Segundo os dados de abril de 2016 do Instituto de Emprego e Formação Profissionais (IEFP) havia menos desempregados tanto em termos homólogos como em cadeia. Trocando por números, estavam inscritos 562 934 indivíduos no IEFP em  abril de 2016, o que resultou numa queda face a igual período do ano anterior de -1,8% (menos 10448 desempregados) ou de -2,1% face ao mês de março de 2016 (menos 12141 indivíduos).

Em termos regionais, o Algarve destacou-se como a região onde o número de desempregados mais caiu, quer face a abril de 2015 (-10,4%), quer face a março de 2016 (-13,0%).

Menos desempregados em abril 2016

Menos desempregados em abril 2016Em termos homólogos o número de desempregados inscritos nos centros de emprego diminuiu em todas as regiões, exceto no Alentejo (+6,4%). Face a março de 2016, a queda do número de desempregados foi mesmo transversal a todas as regiões do país.

O IEFP avança ainda com mais alguns detalhes como:

(…) O desemprego evolui da seguinte forma nos três sectores de atividade económica face ao mês homólogo de 2015: +9,1% no sector primário, -9,7% no secundário e -0,3% no terciário. A desagregação por ramo de atividade económica permite observar uma diminuição do desemprego na maior parte das atividades económicas.

As descidas percentuais mais acentuadas verificaram-se no “Comércio, manutenção, reparação de veículos automóveis e motociclos” (-15,7%), na “Fabricação de têxteis” (-15,5%) e “ Fabricação de outros produtos minerais não metálicos” (-13,8%).

Ao longo deste mês de abril de 2016, inscreveram-se, nos Serviços de Emprego de todo o País , 50 136 desempregados, número que representa um decréscimo nas inscrições (-6,7 %; -3629) face ao mesmo mês de 2015.

(…) As colocações realizadas durante o mês de abril de 2016 totalizaram 10 189 em todo o País, número inferior ao de igual período de 2015 (-16,0%; -1 941) e ao do mês anterior (-7,7%; -851). “

 

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.