Taxas máximas de usura a vigorar no 2º trimestre de 2015 nos vários tipos de crédito

O Banco de Portugal divulgou as taxas máximas de usura a vigorar no 2º trimestre de 2015 nos vários tipos de crédito. Sem surpresa, a descida generalizada das taxas de juro está finalmente a refletir-se de forma mais notória nas taxas máximas autorizadas, ainda assim a taxa de juro nos Cartões de Crédito, Linhas de Crédito, Contas Correntes Bancárias e Facilidades de Descoberto e Ultrapassagens de Crédito é de 19,8%.  A título de comparação, as taxas de juro média na remuneração dos novos depósitos a prazo superiores a um ano ronda atualmente os  1,37% TANB.

2.º trimestre de 2015 TAEG máxima
Crédito Pessoal Finalidade Educação, Saúde, Energias Renováveis e Locação Financeira de Equipamentos 5,6%
Outros Créditos Pessoais (sem finalidade específica, lar, consolidado e outras finalidades) 15,7%
Crédito Automóvel Locação Financeira ou ALD: novos 7,0%
Locação Financeira ou ALD: usados 8,7%
Com reserva de propriedade e outros: novos 10,9%
Com reserva de propriedade e outros: usados 14,0%
Cartões de Crédito, Linhas de Crédito, Contas Correntes Bancárias e Facilidades de Descoberto 19,8%
2.º trimestre de 2015 TAN máxima
Ultrapassagens de crédito 19,8%

Um comentário sobre “Taxas máximas de usura a vigorar no 2º trimestre de 2015 nos vários tipos de crédito

  1. E as taxas de juros para empréstimos para recuperação de edifícios antigos ? E obras na habitação?
    Também não deveriam ter uma taxa especial ?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.