Legislativas 2015 em números

Eis alguns dados de síntese sobre os resultados das legislativas de 2015 em Portugal quando faltam apurar os resultados da Europa e Fora da Europa que representam 4 deputados dos 230 que compõem a Assembleia da República. Sabe-se desde já que não haverá uma maioria absoluta de deputados por parte da coligação PSD/CDS dado que, na melhor das hipóteses, terão 108 dos 116 deputados necessários.

  • A coligação vencedora formada por PSD e CDS somou 36,83% dos votos o que, somado com os votos obtidos nas Regiões Autónomas dos Açores e Madeira (onde não concorreram coligados) totaliza 38,48%.
  • Note-se que em 2011, sozinho, o PSD teve 38,63% dos votos.
  • Ainda o mundo complicado ao “centro”:
    PSD+CDS em 2005 quando o PS teve maioria absoluta: 2069840 votos
    PSD+CDS em 2015 (sem círculos internacionais): 2067722 votos
  • Entre 2011 e 2015:
    • PSD e CDS perderam 730.765 votos (-25 deputados);
    • PS ganhou 182.050 votos (+12 deputados);
    • BE ganhou 260.947 votos (+11 deputados);
    • CDU ganhou 3.397 votos (+1 deputado);
    • PAN ganhou 16.999 votos (+1 deputado).
  • O PAN conseguiu eleger pela primeira vez um deputado (distrito de Lisboa).
  • O BE teve a sua melhor votação de sempre quase duplicando o número de votos e mais do que duplicando o número de deputados (de 8 para 19).
  • A CDU teve o melhor resultado em mais de 20 anos.
  • A soma dos votos de PSD e CDS ficou cerca de 2,5 pontos percentuais acima do pior resultado histórico alguma vez alcançado.
  • A abstenção foi a mais elevada de sempre numas eleições legislativas.

 
 

Tagged under:

Leave a Reply

Your email address will not be published.