Quinze dias depois de o negar, governo volta a aumentar impostos e TSU

Governo volta a aumentar impostos e TSU. É uma constatação factual: há cerca de duas semanas, a ministra das finanças garantia que não existiriam pedidos de sacrifício adicionais a assalariados e pensionistas e garantia que não haveria aumento de impostos.

Hoje, 30 de abril de 2014, o governo estabelece no Documento de Estratégia Orçamental (DEO) que a taxa máxima do IVA será revista de 23% para 23,25% e que a Taxa Social Única que cabe  aos trabalhadores também aumentará de 11% para 11,2%. Ao todo estarão em causa mais €250 milhões de aumento de impostos.

Estas alterações deverão entrar em vigor em 2015 estando previsto que a receita adicional seja usada para auxiliar o orçamento da Segurança Social.

Pode consultar o DEO de 2014 aqui (pdf).

Pode ler mais detalhes sobre o DEO 2014 aqui.

Tagged under:

4 Comentários

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.