Expectativas de consumidores e empresários portugueses continuam a melhorar

Estatísticas do Emprego 2013

Os dados dos inquéritos de conjuntura qualitativos do INE relativos ao trimestre terminado em março de 2014* repetem com poucas alterações o perfil do andamento das expectativas reveladas ao longo dos últimos meses: o clima económico esperado aponta para uma melhoria da atividade económica.

Segundo o INE o indicador de clima económico – que sintetiza boa parte dos indicadores de clima setoriais – manteve-se em recuperação, algo que vem fazendo desde janeiro de 2013. O INE destaca mesmo um facto particularmente significativo: entre julho de 2013 e março de 2014 todos os indicadores setoriais (Indústria Transformadora, Construção e Obras Públicas, Comércio e Serviços) revelaram melhoria dos índices de confiança. Entre os consumidores a confiança está ao nível mais alto desde dezembro de 2009.

O INE deixa, contudo, na sua síntese à publicação dos Inquéritos de Conjuntura às Empresas e aos Consumidores uma nota específica sobre os dados do mês de março tomados isoladamente: a confiança dos consumidores caiu nesse mês.  Ainda assim esta é uma informação que não permite concluir sobre qualquer mudança na tendência. Note-se que, entre os consumidores, é preciso recuar a setembro-outubro de 2012 para se encontrarem dois meses consecutivos com evolução negativa.

Numa análise mais detalhada dos dados empresarial divulgados pelo INE constata-se que também ocorreu uma degradação da confiança, no mês de março, entre os empresários do setor da construção e obras públicas.

* Dados em médias móveis de três meses, corrigidos da sazonalidade com trimestre terminado em março.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.