Depósitos a prazo: algumas imagens de 2013

Recomendamos a leitura de dois artigos publicados no “Melhores Depósitos a Prazo” que exploraram a informação hoje divulgada pelo Banco de Portugal relativa, entre outros, a depósitos a prazo (até novembro de 2013).

Dos dois artigos que a seguir destacamos recolhemos este gráfico relativo à evolução da estrutura dos saldos acumulados de valores depositados por particulares (inclui emigrantes). A soma das três partes representadas em cada mês dá os 100% de depósitos a prazo, aquilo que nas suas estatísticas o Banco de Portugal designa de “Outros depósitos” por excluírem, fundamentalmente, os depósitos à ordem. Migramos para o médio longo prazo, claramente, ao sabor das melhores taxas de juro.

Eis os artigos recomendados:

 

 

Depósitos por prazos de particulares até novembro de 2013

Tagged under:

1 Comentário

  • Pedro Responder

    Desta vez houve carteiro, mas cheque nada, já estou revoltado com isto! Viseu

Deixar uma resposta