Um em cada quatro trabalhadores ganha até €11 por hora… na Alemanha

A Alemanha tem uma das mais baixas taxas de desemprego da sua história mas desta realidade também faz parte a estatística que nos indica que cerca de 25% da população empregada na Alemanha recebe no máximo €11 um valor manifestamente baixo para o padrão de vida alemão e distante do salário médio (ver Dinheiro Vivo). Uma parte significativa deste grupo receberá salários tão baixos que estão isentos de contribuições para a segurança social e imposto sobre o rendimento recebendo inclusive apoio da segurança social (empregos designados de mini-jobs). Estes dados dão um pouco mais de substância qualitativa ao mercado de trabalho naquele que é o país tantas vezes usado como referência futura para o qual convergir.

No momento está em curso uma discussão política com vista à introdução do salário mínimo (eventualmente em torno dos €8,5(por hora) de forma transversal na sociedade alemã, algo que, para já, não existe.

A este facto pudemos juntar que os indicadores que medem a desigualdade de distribuição do rendimento na Alemanha dão testemunho de uma evolução pouco abonatória desde os últimos anos da década de 2000 estando agora (2011) claramente acima (29) do registado no ano 2000 (25) – dados da Pordata. O aumento de riqueza registado no período coincidiu assim com um aumento da desigualdade.

Sobre este tema ler “Millions Left Behind in Boom: The High Cost of Germany’s Economic Success” e “Germany’s Working Poor: More Low-Wage Earners Dependent on Welfare” ambos no Der Spiegel

Tagged under:

2 Comments

  • ManuelResponder

    assim sendo e com um governo a querer seguir os padrões alemães não vamos lá na minha terra costuma-se dizer que para trás mija a burra pois eu esteve na Alemanha de 1989 a 1990 e já usufruia 19DM Hora . Tendo em conta que a paridade do Marco foi creio de 1,66DM em relação ao euro e dividindo os 19DM por 1,66 dá precisamente 11 arredondados por isso em 1989 eu já ganhava na Alemanha 11€ hora. Mas é aquilo que eu digo os nossos governos só copiam aquilo que não presta dos outros países porque se assim é a Alemanha em termos de rendimento do trabalho doeu uma cambalhota a 360g

  • CarlosResponder

    Pois é coitados dos alemães, só 11€/hora, mas muitos licenciados portugueses que recebem 1000€/mês(14000€/ano)(alguns felizardos)sujeitos a IRS(13,5%)e contribuição para a SS(11%)3.430€ no total, pelo que leva para casa no final do ano apenas 10.570€, enquanto um alemão(sem qualificação pelo que se deduz da notícia)leva para casa 21.120€, visto que, pelo que se escreve,está isento daquelas retenções.Uma pequena diferença de 10.550€.Explicando:40horas/semana*48semanas=1920horas*11€=21.120€;14meses*1000=14000€-3.430€=10.570€/1920horas=5,505208333€/hora.Sem dúvida, coitados dos alemães!

Deixar uma resposta