O que é o Forex e quais os riscos?

Forex é a expressão habitualmente utilizada para designar de forma abreviada o mercado cambial internacional, sendo oriunda do acrónimo da expressão em inglês Foreign Exchange. É portanto o mercado no qual se transacionam moedas de várias nacionalidades entre si, tornando possível a existência de trocas comerciais de bens e serviços entre espaços económicos com moedas distintas. O forex é um mercado extremamente líquido (grandes volumes de oferta e procura), com negociações em curso de forma contínua (salvo fins-de-semana) e será o mercado que movimento maiores valores monetários no planeta.

Nos anos mais recentes tem-se tornado popular entre particulares pela disponibilização de múltiplas plataformas de negociação, geralmente assentes em negócios fortemente alavancados (com recurso ao crédito) por forma a maximizar os proveitos sobre os negócios realizados. Note-se que os promotores das plataformas recebem ou comissões por negócio, ou os juros do crédito concedido ou ambas (e outras cuja criatividade possa patrocinar).

O mercado forex é como todos os mercados arriscado devendo qualquer investidor estar bem consciente das perdas potenciais e reais em que pode incorrer, em particular, quando fortemente alavancado. Note-se que associado ao mercado de forex existem produtos derivados que constituem mercados paralelos conexos como sejam os mercados forward e de futuros sobre forex.

O mercado cambial será presentemente dos menos regulados ao nível das trocas internacionais exigindo um particular cuidado por parte dos pequenos investidores para que utilizem corretores e plataforma idóneas e registadas junto dos reguladores. É muito comum serem detetadas, a nível local, entidades não autorizadas pelos supervisores financeiros que se encontram a operar ilegalmente.

Note que o que se transaciona são moeda soberanas sendo o seu valor e preço relativo influenciado por virtualmente tudo o que determine a perceção de riscos relativo aos países envolvidos.

O principal risco deste mercado será contudo outro comum a tantos outros, o risco que pode advir de o investidor não conhecer aquilo que negoceia, os termos que se usam, as consequências de ações no mercado.  Se quiser investir em forex estude, informe-se, se for caso disso aconselhe-se com quem de confiança e depois sim invista de acordo com o seu nível de aversão ao risco e os seus objetivos.

Bons negócios!

O artigo contem um link patrocinado.

Tagged under:

Deixar uma resposta