Exportações continuam a definhar, importações reforçam colapso

As estatísticas ontem divulgadas pelo INE relativas ao comércio externo português reforçam as tendências recentes. No trimestre terminado em março, as exportações só marginalmente foram superiores a igual período do ano anterior (+0,3%) enquanto as importações reforçaram o seu colapso ao caírem 7,2% (tinham caída 6,1% no trimestre terminado em fevereiro face a igual período do ano anterior).

A taxa de cobertura das importações pelas exportações continuou a aumentar fixando-se nos 86,2%. O último mês (março) que entrou para as contas do trimestre reforçou as indicações negativas nas exportações justificadas pelo fraco desempenho junto dos países da União Europeia. O comércio extra-comunitário registou um aumento das exportações portugueses nesse mesmo mês. As importações registaram em março uma queda homóloga superior à média do trimestre (9,8%).

As exportações para fora da UE representaram 28,5% do total no trimestre terminado em março.

A manter-se esta evolução ao longo do ano, falharam as previsões para 2013 avançadas pela generalidade das instituições nacionais e internacionais.

Tagged under:

1 Comentar...

  • JoaquimResponder

    Somos desgovernados incompetentes e gangsters…..

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.