Se tem taxas moderadoras em dívida espere coima das Finanças de pelo menos 50€

Segundo notícia do jornal Público, as Finanças já terão recebido a informação relativa aos contribuintes que têm dívidas para com o Ministério da Saúde relativas ao não pagamento de taxas moderadoras. O passo seguinte será o de enviar para a morada fiscal dos respetivos contribuintes, a notificação sobre o valor a pagar que será sempre no mínimo de 50 euros e, no máximo, igual a 5 vezes o valor em dívida relativo às taxas moderadoras. Este passará a ser o procedimento corrente.

Na prática, a política seguida que está agora a afirmar-se, implicará que qualquer dívida junto do Estado, sejam taxas moderadoras, sejam portagens virtuais por pagar, etc, serão canalizadas para execução através do autoridade tributária procurando-se assim minimizar as elevados montantes em dívida por cobrar que se têm acumulado por incapacidade de execução por parte do Estado (levando a sucessivas prescrições).

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.