Exportações resistem com crescimento de dois dígitos graças ao resto do mundo

Aguardava-se com alguma expectativa a evolução dos números do comércio internacional que incorporavam o primeiro mês de 2012 e os resultados indicam que depois de um mês de dezembro particularmente preocupante, se registou uma evolução mais animadora em janeiro com as exportações a cresceram 13,1% em termos homólogos e as importações a regressarem a valores positivos (3,8%). Inquestionável é o impacto dinamizador do mercado extracomunitário que parece ser agora o suporte para a evolução registada. Note-se que este crescimento global de 13,1% das exportações contem um incremento de apenas 5,9% para as exportações destinadas à União Europeia e um aumento de 37,9% das exportações destinadas ao resto do mundo.

Em termos práticos este forte dinamismo das exportações para fora da União Europeia levou o peso das exportações para o resto do mundo a atingirem um valor de 28,6% das exportações totais, um dos registos mais elevados de sempre. No trimestre terminado em janeiro de 2011, esse peso era de apenas 24,2%.

Em termos trimestrais, as exportações cresceram 10,9% e as importações diminuiram 7,0% conduzindo a balança comercial para uma taxa de cobertura das importações pelas exportações de 77,5% (que compara com 65,0% há um ano atrás).

Mais detalhes no sítio do INE.

Tagged under:

1 Comentário

Deixar uma resposta