Taxas de usura divulgadas pelo Banco de Portugal voltam a aumentar

O Banco de Portugal divulgou há pouco as taxas de juro máximas que os intermediários financeiros estarão autorizados a praticar no próximo trimestre aquando da concessão de vários tipos de crédito. Face aos limites máximos atualmente em vigor, constata-se uma subida generalizada (compare com a última informação relativa ao 3º trimestre de 2011: “Taxas de usura máximas por tipo de crédito para o 3º trimestre de 2011 ).

A este propósito recorde-se ainda o artigo:”Cerca de uma em cada três instituições de crédito apanhadas a desrespeitar taxas de juros máximas legais “.

 No 4º trimestre de 2011, vigoram as TAEG máximas constantes do quadro abaixo:

Tipo de contrato de crédito TAEG máximas
Crédito Pessoal  
– Finalidade Educação, Saúde e Energias Renováveis e Loc. Financeira de Equipamentos 6,8%
– Outros Créditos Pessoais 20,2%
Crédito Automóvel  
– Locação Financeira ou ALD: novos 8,5%
– Locação Financeira ou ALD: usados 9,8%
– Com reserva de propriedade e outros: novos 12,3%
– Com reserva de propriedade e outros: usados 16,1%
Cartões de Crédito, Linhas de Crédito, Contas Correntes Bancárias e Facilidades de Descoberto 34,1

Fonte: Banco de Portugal

Tagged under:

1 Comentário

Deixar uma resposta