Taxa de desemprego diminuiu três décimas fixando-se nos 12,1% (2º trimestre de 2011)

Segundo o INE, a taxa de desemprego registada no segundo trimestre de 2011, diminuiu três décimas face à apurada no trimestre anterior, tendo-se fixado no 12,1%. Há neste momento cerca de 675 mil desempregado em Portugal. Para já e provavelmente até surgir um ano completo de informação recolhida tendo por base a nova metodologia, o INE não apura a taxa de variação homóloga. Recorde-se que há um ano, a taxa de desemprego era de 10,6%.

A razões indicadas pelo INE (clique aqui para aceder ao relatório completo) para a o aumento do número de empregados e a diminuição, em cerca de 2%, do número de desempregados, foram, entre outras:

  • Aumento significativo do emprego entre as mulheres;
  • Aumento do emprego entre indivíduos com idades dos 29 aos 44 anos e acima dos 65 anos (nos restantes grupos etários o emprego diminuiu);
  • Aumento do emprego entre quem tem o secundário completo;
  • Aumento do emprego na construção, água, energia e indústria;
  • Aumento no número de trabalhadores por conta de outrem (queda nos trabalhadores por conta própria);
  • Diminuição dos desempregados à procura do primeiro e de novo emprego (aumento do desemprego de longa duração).

A 16 de Novembro o INE divulgará os dados do terceiro trimestre de 2011.

Tagged under:

Deixar uma resposta