Recessão à vista: PIB cai 0,7% no 1º trimestre de 2011 (act.II)

A recessão técnica está confirmada,; o 1º trimestres de 2011 foi o segundo consecutivo em que o PIB diminuiu após correcção da vairação dos preços (dados em volume). Neste momento, dos países que já reportaram informação para o 1º trimestre de 2011, Portugal é o único em recessão.

O INE informa que:

A Estimativa Rápida do Produto Interno Bruto (PIB) aponta para uma diminuição de 0,7% em volume no 1º trimestre de 2011 face ao período homólogo (variação de 1,0% no trimestre anterior). Comparativamente com o trimestre precedente, o PIB terá diminuído igualmente 0,7%.
A redução do PIB em termos homólogos no 1º trimestre traduziu um acentuado contributo negativo da Procura Interna, em resultado da diminuição das Despesas de Consumo Final (das Famílias e das Administrações Públicas) e, em menor grau, do Investimento. O contributo das Exportações de Bens e Serviços para a variação homóloga do PIB manteve se elevado no 1º trimestre, sendo ainda de destacar que se observaram elevados crescimentos dos preços implícitos de ambos os fluxos de comércio internacional de bens.

Dia 9 de Junho o INE divulga informação mais detalhada. Note-se que, quer a Zona Euro, quer a União Europeia como um todo, cresceram 2,5% em termos homólogos. Apenas a Grécia apresentou um registo claramente inferior ao de Portugal (-4,8%). A Irlanda não apresentou ainda resultados para o 1º trimestre. Pode consultar aqui a folha de comparação do Eurostat.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.