O que é a Taxa Anual Nominal Bruta (TANB)?

Depósitos a prazo

Eis a definição de Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) formalizada pelo Banco de Portugal:

“A TANB (Taxa Anual Nominal Bruta), é a taxa de remuneração do depósito. Refere-se ao período de um ano, pelo que, para calcular os juros a receber, deve multiplicar esta taxa pelo número de dias de juros dividido por 360 dias (convenção Actual/360, em vigor para depósitos em euros). (…)

Exemplo: Um depósito de 2500 euros, aplicada durante 181 dias à TANB de 4,3%, gera um juro antes de imposto de 54,05 euros (2500X4,3%x181/360). Caso se aplique uma taxa de IRS de 21,5%, o juro líquido é de 42,43 euros.”

in Depósitos Bancários – Direitos & Deveres – Portal do Cliente Bancário do Banco de Portugal.

 

Já em artigo anterior nos referimos a uma definição de TANB mas no caso concreto a uma variante: “O que é a TANB média?“.

Tal como nesse artigo, mais uma vez destacamos que os depósitos a prazo devem ser avaliados por várias das suas características que podem ter relevo diferente para distintos investidores. Assim, além da TANB é relevante considerar, por exemplo, o montante mínimo exigido no depósito, a existência ou não de perda de juros em caso de mobilização antecipada do dinheiro depositado, a própria possibilidade de mobilização antecipada ou ausência dela, o prazo, bem como o momento em que ocorre o pagamento de juros.

Quando um investidor pretende selecionar o depósito a prazo que mais lhe convém a cada momento deverá assim consultar as vários Fichas de Informação Normalizadas para proceder à comparação informada. Como facilitador dessa comparação pode ainda consultar a nossa página sobre Depósitos a Prazo atualizada regularmente.

ADENDA: Em 2013 a taxa de retenção de IRS é de 28% (retenção de IRC de 25% para empresas) pelo que os cálculos deverão ajustar-se.

 

Este artigo foi atualizado em 2019.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.