Como emitir os novos recibos verdes electrónicos – vídeo explicativo

[wp_ad_camp_1]

O Saldo Positivo, uma excelente iniciativa de combate a iliteracia financeira dinamizada pela Caixa Geral de Depósitos já aqui referida anteriormente, continua a produzir vídeos explicativos sobre os mais variados temas que possam interessar ao público em geral sobre algum aspecto da nossa relação com o dinheiro.

Hoje destacamos, na sequência do acompanhamento sobre os recibos verdes electrónicos que temos feito, um vídeo que explica muito sumariamente como se passarão a processar as emissões de recibos verdes electrónicos a partir do momento em que passem a ser a única forma reconhecida pelas Finanças, ou seja, a partir de 1 de Julho do ano corrente. Eis o vídeo (menos de 2 minutos) que na prática transmite de outra forma o que já aqui enunciámos (ver “Modelos oficiais do RECIBO VERDE ELECTRÓNICO | obrigatório a partir de 30 de Junho de 2011“).

 

Sabe como funcionam os novos recibos verdes? from Saldo Positivo on Vimeo.

Tagged under:

7 Comentários

  • andréResponder

    Boa noite, tenho apenas uma dúvida no preenchimento do recibo electrónico, se me puder ajudar,agradecia imenso.
    Em relação á descrição da actividade exercida,o que é que exatamente tem que se põr. Eu por exemplo sou professor de natação, ou seja, ponho só professor de natação? ou tem de ser uma descrição mais pormenorizada?
    Obrigado

  • andréResponder

    Peço desculpa, no comentário anterior queria dizer “descrição do serviço prestado e não “descrição da actividade exercida”,que essa é outros prestadores de serviços
    Obrigado

  • luis guimaraesResponder

    Imprimi um recibo em branco, no site da DGCI, com o nome, NIF etc já preenchidos e entreguei o original, já totalmente preenchido, na empresa, que diz que aquilo não vale. ~Será que não? Tem de ser on line?
    LG

  • Pingback:Recibos verdes electrónicos obrigatórios dentro de dias | A Arte da Omissao

  • NelsonResponder

    Isto já não se aguenta!!! Querem tudo informatizado, acabar com o papel, e não me percebam mal, eu concordo plenamente com a informatização destes procesos, mas acontece sempre a mesma coisa – à 3 dias que tento emitir o recibo verde electrónico e não consigo, ou é “Por motivos de ordem técnica não nos é possivel responder ao seu pedido. Por favor tente mais tarde.” , ou “TIME OUT”, ou “Sistema externo indisponível, TIMEOUT na resposta”.
    Já não há paciência, nunca nada funciona bem á 1ª, quer-se dizer, isto até já não é bem á 1ª, porque já desde janeiro que se pode entregar o recibo electrónico, mas como a partir deste mês, é mesmo obrigatório, já não funciona. E que não venham com a mesma ‘lenga lenga’ de que as pessoas tiveram o mês todo para entregar, e deixaram para os últimos dias…… á muita gente que só no fim do mês é que sabe o valor para passar o recibo, e tem que o entregar logo, ou então não recebe.
    Se querem informatizar tudo, tem que investir seriamente em equipamento informático e comunicações para aguentar estas sobrecargas, já ninguém aguenta, é nos ultimos dias para entregar o IVA, o IRS , etc. O sistema estoura sempre, depois, no ultimo dia ao final da tarde, lá vem o comunicado do costume a adiar a entrega por mais 2 ou 3 dias….
    Acabei de ligar para as finanças e disseram que estão com problemas técnicos no site, para eu ir tentando durante a tarde….

  • mario joaoResponder

    Bom dia.Gostaria que me informassem,se depois de validar o recibo eletronicamente,ainda temos de aguardar pela comfirmação por parte das finanças ou já se pode passar o recibo.
    Segundo informação,as finanças enviam carta por correio.Se for o caso quantos dias leva.obg

  • BrunoResponder

    No fundo este video não explica nada!

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.