Combustíveis: Portugueses deixam o popó cada vez mais à porta de casa?

Vale a pena passar pelo boletim estatístico da DGEG com os dados mais recentes do consumo de combustíveis no mercado interno (e não só). Damos particular destaque para o parágrafo sobre combustíveis rodoviários. Tudo em queda acentuada:

“O consumo global dos combustíveis rodoviários, em Julho de 2011, e relativamente ao período homólogo precedente, continua a apresentar uma tendência de redução (-2,7%). Todos os combustíveis rodoviários apresentaram um agravamento na redução do consumo: o GPL Auto apresentou uma redução de -4,8%; a gasolina sem chumbo 98 de -18,0%, enquanto que a gasolina sem chumbo 95 de -5,4%; os gasóleos, apresentaram uma tendência de redução global de -1,7% (em ton), onde o gasóleo rodoviário teve uma redução ligeira de -1,5%, o gasóleo colorido (agrícola) de -0,2% e o gasóleo de aquecimento apresentou uma redução mais significativa de -6,8%.”

A escalada dos preços, o aumento da população desempregada (e com otal com menos necessidade/possibilidade para deslocações), a perda de poder de compra, entre outros, são suspeitos razoáveis para estes dados agora divulgados.

Tagged under:

Deixar uma resposta