Problemas com as licenças de maternidade e paternidade: confira bem as contas

[wp_ad_camp_1]

Tive a felicidade de ser pai recentemente e, à luz da lei atual, tenho vindo a usufruir das licenças previstas na lei, nomeadamente os dias de licença obrigatória. Com razoável celeridade recebi o abono/subsídio pago pela Segurança Social. Nada a assinalar nesse campo. A minha reserva prende-se com os valores apurados e pagos. No meu caso levaram-me a recorrer aos serviços da segurança social tendo descoberto que havia de facto algumas falhas de cálculo das quais saia francamente prejudicado. Perdido o proverbial dia de trabalho para garantir os esclarecimentos (os serviços da segurança social parecem-se nesta conjuntura de crise francamente sob elevada pressão e carga de trabalho) a situação foi reposta no mês seguinte.

Em breve será a mãe cá de casa a ter de rumar a mesmo destino pois o detalhe consultado nos serviços da segurança social directa apresentados como compensação pela ausência ao trabalho por motivos de maternidade são claramente superiores ao valor que entrou efectivamente em conta, estando os primeiros mais de acordo com o valor de referência previsto na lei. Talvez haja um bom motivo para a divergência, mas o que quero aqui sublinhar é acima de tudo a necessidade de cada um dos beneficiários não tomar os valores por garantidos e bem calculados, a probabilidade de erro parece ser bastante elevada e, poderá, inclusive, revelar divergências ou problemas entre a sua entidade patronal e a segurança social.

Para poder verificar se a sua situação está correcta não perde nada em ir verificando regularmente o seu extrato com a carreira contributiva oferecido pelo já referido serviço da  segurança social directa e para garantir que, no caso de abonos e subsídios, as contas são bem feitas, o melhor mesmo é consultar as páginas informativas da própria segurança social, muito frequentemente mais atualizadas do que o conhecimento dos próprios funcionários ao serviço da dita (levar uma impressão do que leu na página da internet antes de ir ao serviço de atendimento ao público não faz mal a ninguém…).

Uma dessa páginas é a relativa a montantes de prestações sociais onde encontra fórmulas de cálculo e valores relativos a abonos de família (pré-natal, normal e majorado) e subsídio de funeral.

Tagged under:

4 Comentários

Deixar uma resposta