Conta Poupança Futuro: quanto vale e o que é? (act. II)

Atualizado a 1 de Fevereiro de 2010: O governo divulgou em conselho de Ministros os detalhes associados a este medida, consulte-os aqui: Conta Poupança Futuro: Governo divulgou hoje os detalhes

Consultando os media verifica-se que o governo fez anunciar que inscreverá nas Grandes Opções do Plano com o objectivo de apoiar as famílias e a natalidade, a garantia de que  cada criança que nasça tenha uma conta poupança futuro.

Na linha do compromisso assumido no programa eleitoral procurar-se-á estimular a natalidade, os hábitos de poupança e a continuação dos estudos. Na altura, em campanha, avançou-se que tal medida poderia passar por um depósito bancário de 200€ que só poderia ser mobilizado quando a criança atingisse a idade adulta. Será algo deste género que está agora em cogitação? Com cerca de 100 mil crianças a nascerem por ano estamos a falar de cerca de 20 milhões de euros por ano. Mas na prática e com os dados disponíveis, é dificil encontrar pais que consigam vislumbrar mais do que um certo folclore ridículo associado a esta medida. Aguardemos pela concretização efectiva do que será esta conta poupança futuro para uma opinião definitiva.

Bem mais inequivoca parece a bondade da aposta na dotação das áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto de oferta de creches do Estado e de uma rede de amas em quantidade e qualidade comparável à existente no resto do país. A concretizar-se tal desígnio na corrente legislatura, seria dado um passo claro com consequências efectivas na melhoria das condições de vida de muitas famílias, hoje fortemente condicionadas nas suas opções quanto à natalidade também por estas restrições que complicam a gestão do tempo e do orçamento familiar.

Assim que houver novidades sobre estes assuntos, procuraremos dar deles nota.  Se quiser ser informado pode subscrever o nosso serviço de envio de resumos do dias por e-mail (newsletter) ou seguir-nos num leitor de RSS ou no Facebook ou ainda no Twitter  .

Tagged under:

3 Comentários

Deixar uma resposta