Comércio Internacional mantem boas indicações em 2010

Com a divulgação pelo INE das estatísticas do Comércio Internacional, relativas ao trimestre terminado em Junho, reforçaram-se as indicações positivas que vinham sendo apuradas nos meses anteriores. As exportações portuguesas continuam a crescer acima dos dois dígitos quando se efectuam comparações homólogas e, embora as importações estejam igualmente a forte retoma, as primeiras continuam a crescer a um ritmo mais acelerado.

O destaque particular vai para o comércio com países da União Europeia uma vez que se vêm registando taxas de cobertura crescentes.

Com países extra-comunitários (onde predominam as trocas relativas a produtos energéticos) o sentido da evolução tem sido o oposto, tendo-se degradado significativamente a nossa baçança comercial. Note-se ainda que, excluindo os produtos energéticos, a situação no trimestre em análise piorou face a 2009 tendo a taxa de cobertura passado de 106,0% para 100,5%.

Olhando para a globalidade das nossas trocas comerciais a evolução face a 2009 é, ainda assim, positiva. Em igual período de 2009 vendiamos 63,1€ de exportações por cada 100 euros que importávamos. No trimestre de 2010 em análise a situação  passou para 64,3€ de exportações por cada 100€ de importações.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.