Sonae.com em mínimo histórico

A 20 de Dezembro perguntava o que se passava com as cotadas do grupo Sonae. De então para cá apenas a Sonae SGPS valorizou, 2,63%.

A Sonae Indústria caiu mais 6,68% (6,29€) e a Sonae.com 12,98% (3,16€), o valor mais baixo desde que entrou em bolsa há cerca de dois anos.

Um analista de mercado “agarrado” aos seus gráficos e modelos preditivos talvez se interesse pouco com os porquês mas para quem acha que mais cedo ou mais tarde há-de surgir uma justificação racional (nem que seja para servir de pretexto à especulação) tudo isto é muito estranho. Nas casas de análise estes títulos aparecem sucessivamente como tendo das maiores margens de valorização potencial, contudo o mercado continua há largos meses a ignorar todos estes sinais afundando cada vez mais o valor que atribui a estas empresas. Pânico localizado? Sou mais leigo nestas matérias que em outras, talvez por isso tanta estranheza.

3 comentários sobre “Sonae.com em mínimo histórico

  1. Também eu estranho.
    Embora repita a mim mesmo que a actividade em torno do dinheiro obedece primeiro às lógicas e dinâmicas do jogo, sobretudo nos aspectos irracionais que apresenta (a expectativa do lucro à cabeça), o meu lado racional aguarda sempre por observar a relação entre a bolsa e a economia industrial.
    Mas sou um leigo e não entendo esta, como outras apostas.

  2. Esta tendência não afecta so as acções da Sonae parece ser geral. Por um lado acho q é uma boa altura de entrar no mercado (eu faço sempre investimento um pouco longo, um ano ou mais…) por outro lado estou receoso pq os mínimos continua a ser batidos… estaremos num vale ou à beira de uma recessão…

    (já agora parabéns pelo site)

  3. SIm a tendência geral existe mas entre as que mais caíram (e segundo as avaliações “injustamente”) estas continuam a estar entre as mais penalizadas, quase em queda livre.

    A resposta correcta à pergunta do Luís vale uns tostões 😉
    Obrigado pela preferência, até breve.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.