Mais pobres (antes do apoio do Estado) e mais duplo emprego

Mais portugueses recorrem ao Rendimento Social de Reinserção e mais portugueses acumulam mais do que um emprego. Duas notícias que surgem no mesmo dia. Seria curioso perceber quantos avitam cair na primeira situaçã precismente por cairem na segunda.

Eis os dois leads para as duas notícias:

São já 334 mil as pessoas que recebem o Rendimento Social de Inserção (RSI), uma prestação social destinada a pessoas e famílias em situação de grave carência económica. Os números respeitam ao final do primeiro semestre deste ano e mostram que a pobreza está a aumentar em Portugal.  (…)”

“O número de empregados que têm uma segunda actividade atingiu no segundo trimestre de 2008 o nível mais elevado dos últimos dez anos e ultrapassou mesmo os valores do segundo trimestre de 2003, quando Portugal se encontrava em recessão.  (…)”

Um comentário sobre “Mais pobres (antes do apoio do Estado) e mais duplo emprego

  1. Resta saber se as pessoas que têm esse Rendimento Mínimo são realmente as mais necessitadas porque todos nós sabemos como é fácil aldrabar o Rendimento Anual de cada um… exemplo: grandes empresários que apenas declaram salários mínimos ou perdas constantes nos lucros pq estes escorregaram quiçá para um conta na Suíça ou algo no género. Algo de muito parecido se passa com determinados reformados com direito a senha verde na Segurança Social (isto é, que não pagam consultas nem exames e ainda têm desconto nos remédios) que de reformados pobres nada têm. Muito pelo contrário. Ah e mais, quando vão ao médico, pedem remédios para a família e amigos, com a mesma senha verde, está claro, para ajudar a família a poupar. Depois é vê-los, muitos desses com direito a receber o RM, com a casa cheia de tecnologia e grandes carros à porta. Uma vergonha. Enquanto o comprovativo de pobreza/riqueza for a nota de liquidação do IRS, não me convencem. Entretanto outros há que precisam realmente e só têm direito a nada. Enfim…

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.