Deflação em Julho

Em Julho, a taxa de variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) manteve-se nos 2,4%. A variação mensal foi -0,3%, idêntica à do período homólogo. A variação média dos últimos doze meses diminuiu uma décima de ponto percentual, situando-se em 2,5%, mantendo a tendência descendente iniciada em Fevereiro de 2007.

O Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português registou uma variação de 2,3% face a Julho do ano anterior. O IHPC apresentou uma variação mensal de -0,2%, uma décima de ponto percentual inferior à registada em Julho de 2006. A taxa de variação média dos últimos doze meses diminuiu para 2,5%.

Mais detalhes no INE.

2 Comentários

  • IsabelResponder

    O título do post está errado, pois o que revela é que houve uma desaceleração da inflação. Há DEFLAÇÃO quando a taxa de inflação é negativa e não quando a taxa de inflação (positiva) diminui.

  • Rui MCBResponder

    Isabel: o cabaz que em Junho só comprava com 114,7 unidades monetárias, em Julho comprava por “apenas” 114,4 unidades de medida (refiro-me ao índice de preços no consumidor, o tal que tem variação mensal negativa de 0,3%).
    Ou seja, entre Junho e Julho os preços desceram, dai eu dizer que um JULHO houve deflação. Para sermos inteiramente honestos tipicamente isto acontece em Julho e Agosto como efeito sazonal. Há anos em que tal não ocorre (em 2005 por exemplo) e noutros em que é particularmente intenso, este ano por exemplo.
    A taxa de inflação (media anual) de facto não diminuiu, aumentou 2,5%.

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.