Circularização de dívidas: fisco congela parcialmente pagamentos a fornecedores que tenham dívidas fiscais

Circularização de dívidas: uma das práticas habituais da auditoria financeira passa por comprovar as dívidas a fornecedores e dívidas de cliente junto da empresa auditada e uma das formas de o fazer é pedir aos respectivos fornecedores e clientes para reconhecerem ou criticarem os montantes que se encontram apurados nos registos contabilísticos do auditado. Estes procedimentos podem também servir para promover um acerto de contas.

Não sei exactamente em que moldes se desenrolará o processo, mas surge hoje na imprensa que o Fisco vai tentar proceder a esse acerto de contas de forma musculada: congelando uma parte das dívidas que tenha com fornecedores sobre os quais tenha indicação de estarem em situação de incumprimento fiscal (dívidas ao fisco).

Se a sua empresa tem dívidas ao Estado e quiser negociar um contrato de fornecimento com o mesmo tenha em mente esta alteração… filosófica que, convenhamos, parece ser, em conceito, absolutamente razoável.

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.