Balança Comercial 2007: reforça sinais positivos no início do ano

Balança Comercial 2007. Considerando a globalidade do mercado internacional, em Janeiro, as exportações nacionais continuaram a crescer (+14,5%) a um ritmo claramente superior às importações (+ 6,6%).

Para a evolução registada nas exportações contribuíram todas as classes de produtos destacando-se particularmente as “Máquinas e outros bens de capital” e o “Material de transporte e acessórios”. Ao nível das importações os sublinhados vão para os “Produtos alimentares bebidas” e das “Máquinas e outros bens de capital”.

Centrando-nos no mercado extra-comunitário, para o qual já há informação até Fevereiro, o comportamento é ainda mais interessante com as exportações a aumentarem 26,7% e com as  importações a ficarem-se por um incremento de 0,7%. Os destaques em termos de detalhes repetem-se ainda que com intensidades diferentes (nas exportações o “Material de Transporte e acessórios” teve uma variação homóloga ligeiramente superior às “Máquinas e outros bens de Capital”, por exemplo; ambas superiores e 50%).

Balança ComercialO INE refere que, excluindo da análise os Combustíveis e Lubrificantes, a taxa de cobertura no comércio externo aumentou face a 2006 quase 13 pontos percentuais, ficando agora próxima do equilíbrio: 98,9%.

Com algum desfasamento face aos nossos parceiros, o reforço do incremento do ritmo de crescimento da exportações (face ao ano anterior e quando comparado com a importações) permite acalentar que talvez a economia nacional ainda venha a ser capaz de aproveitar um pouco mais do actual bom momento económico internacional do que vinha fazendo ao longo dos últimos meses. Os primeiros indícios de 2007 são mais animadores.

Pode consultar a informação estatística detalhada sobre Balança Comercial 2007 (Jan 2007) aqui e sobre o comércio extra-comunitário (Jan a Fev 2007)  no INE.

Tagged under:

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.

NOS