Acesso gratuito a cadernetas prediais de prédios rústicos via internet

Desde 2007 que é possível requerer e consultar gratuitamente as cadernetas prediais de prédios rústicos via internet.

 

Cadernetas prediais de prédios rústicos

O local de acesso à informação é o Portal das Finanças e o utilizador interessado pode chegar ao sítio desejado, onde será possível escolher o prédio que quer consultar, seguindo o seguinte caminho, dentro do Portal das Finanças:

 Início => Serviços => Prédios =>  Obter Caderneta Predia => Obter Comprovativo => IMI => Caderneta Predial.

Se clicar aqui e se autenticar no Portal também deverá funcionar, indo diretamente para o local de interesse.

No sítio da Direção Geral do Território (DGT) pode ainda efetuar a consulta das Secções Cadastrais do Cadastro Geométrico da Propriedade Rústica.

A DGT destaca que:

“(…) disponibiliza gratuitamente a consulta das Secções Cadastrais, respeitantes aos concelhos que possuem Cadastro Geométrico da Propriedade Rústica, em vigor. Seleccione o concelho, freguesia e secção que pretende visualizar. Estes dados encontram-se nas cadernetas prediais rústicas.”

 

Se esta opção não estiver disponível no concelho de interesse é oferecida uma outra alternativa, em concreto, na consulta das secções cadastrais.

Consulte aqui a informação mais recente sobre o registo predial e matricial gratuito e as novidades sobre o sistema de informação predial simplificada. Recorde-se que o registos se encontra ainda em construção e atualização permanente. No gráfico em baixo é possível obter uma visão da disponibilidade da informação à data em que revimos este artigo.

E talvez valha a pena visitar ainda o Predial Online.

Este artigo foi atualizado em 2020.

4 comentários

  1. Estes serviços on-line recolhem toda a informação possível e quem não está informado pode caír na rede e ficar a pagar taxas mínimas eternamente, para sustentar a voracidade fiscal, mesmo que tenha em dia toda a sua fiscalidade, ou seja, tudo o que for à rede é peixe. Parecem gratuitos mas saem caro, mesmo muito caro. E a actualização do sistema é feita pelos próprios utilizadores, diga-se informadores.
    O Povo Português tem pouca e-cultura mas muito e-gov.
    E para cúmulo, este e-gov mantém a colecta mínima, os pagamentos por conta e os especiais por conta, o que só prova que não está a e-governar nada, mas apenas a sacar, a todos em geral, desiludam-se aqueles que pensam que não vai chegar a sua vez.
    Avorreçe, como diria o Camões!

  2. Gostaria de saber onde posso consultar e imprimir copias das minhas cadernetas rusticas. já tentei no site das declarações electronicas, mas não consegui localizar.
    obrigado

  3. Gostaria de saber como posso consultar os novos artigos prediais. Uma vez que houve a junção de freguesias. Como tal existem novos números.
    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *