A Taxa de desemprego subiu ou desceu no 2º trimestre de 2007?

Tendo ouvido o ainda lider do PSD, Marques Mendes, acusando o Governo de ir por caminhos errados nas políticas de emprego, apresentando como prova o aumento da taxas de desemprego e ouvindo, pouco depois, a refutação por parte do Secretário de Estado  Pedro Marques que advoga ter-se registado  a melhor recuperação da taxa de desemprego dos últimos seis ou sete anos, resta perguntar quem esta a mentir. Certo? Talvez não.

Marques Mendes tem razão. Para todos os efeitos a taxa de desemprego no 2º trimestre de 2007 (7,9%) é maior do que a verificada há exactamente um ano (7,3%).

E Pedro Marques também tem razão quando diz que a taxa de desemprego caiu face ao 1º trimestre de 2007 (havia sido de 8,4%).  E terá razão ao sublinhar que a recuperação entre dois trimestre consecutivos foi particularmente intensa – a mais importante em vários anos. Aliás é essa maior intensidade que lhe vale, pois a recuperação do 1º para o 2º trimestre pode pura e simplesmente ocorrer todos os anos por efeitos sazonais como o próprio reconhece.

Tem então ambos razão?  Eu diria que Marques Mendes tem hoje razão para destacar que estamos pior do que há um ano e Pedro Marques talvez venha a ter razão no futuro pois a menter-se a capacidade de recuperação ocorrida neste trimestre, em breve haverá contágio do indicador que compara taxas de variação homólogas. A Pedro Marques sobra portanto um SE a mais. Que o tempo esteja do lado dele é o que quem quer ter menos concidadãos em dificuldades pode desejar. Haja Economia e que a tendência futura confirme os bons indícios do presente.

1 Comentar...

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.

NOS