Rendimentos de capital (depósitos, mais valias, etc) tributadas com IRS de 28% (OE 2013 proposta oficial)

Tal como anunciado pela consulta da versão preliminar do orçamento de estado 2013 (ver “Austeridade 2013: Depósitos e mais valias passam a pagar 28% de IRS“) a proposta oficial hoje apresentada pelo governo impõe uma subida da taxa liberatória de IRS aplicável aos rendimentos de capital subindo para os 28%.

Ler mais

Austeridade já para 2012 aprovada: mais impostos sobre rendimentos de capitais, mais-valias, prédios urbanos e remessas

Segundo o comunicado do Conselho de Ministros divulgado esta tarde o governo decidiu antecipar para 2012 algumas das medidas de austeridade já anunciadas. Deverá assim ocorrer a implementação a breve prazo das medidas de agravamento da fiscalidade sobre rendimentos de capitais, mais-valias, prédios urbanos e remessas para off-shore. Recorde-se que estas

Ler mais

Austeridade 2013: Impostos sobem nos imóveis, dividendos, mais valias, Selo e bens de luxo

O Ministro das Finanças anunciou que em 2013 será implementada uma tributação adicional sobre imóveis de elevado valor (não concretizou a fasquia para a classificação). Anunciou ainda que os dividendos e mais valias de valores mobiliários terão uma nova taxa liberatória que passará de 25% para 26,5%. Foi também anunciada

Ler mais

Ulrich: Na generalidade dos países, existe tributação das mais valias e até mais elevadas

Acima da mediocridade, a ler esta peça do Negócios com declarações de Fernando Ulrich: “Não é a tributação de mais valias que leva à fuga de capitais da bolsa“. Uma frase: “O que pode afastar capitais da bolsa de capitais portuguesa é termos um défice na balança de transacções correntes,

Ler mais