Mercado aceita emprestar dinheiro à Alemanha a 5 anos com taxas negativas

Pela primeira vez na história para este prazo de empréstimos o mercado aceita emprestar dinheiro à Alemanha a 5 anos com taxas negativas. O governo federal alemão emitiu hoje obrigações do tesouro a 5 anos que foram subscritas a uma taxa ligeiramente negativa o que implica que em cada período de pagamento de juros ao … Ler mais

Dívida: se correr mal é do Banco de Portugal, mas os juros vão desde já para o BCE

Sugestão de leitura “BCE nacionaliza riscos mas mutualiza lucros” por Rui Peres Jorge, no Negócios. Um excerto: “(…) A arquitectura do programa de alívio quantitativo anunciado a 22 de Janeiro pelo BCE coloca o risco de 91% da dívida pública adquirida no respectivo país. Já os lucros que o BCE vier a realizar com os … Ler mais

O BCE vai começar a comprar dívida privada – o que é que isso significa?

O BCE compromete-se a despachar camiões de dinheiro para as várias capitais europeias e aparecerá de megafone convidando bancos e empresas não financeiras a venderem-lhe dívidas que tenham em carteira (desde que não sejam dívida pública). Bom… é algo parecido, uma forma mitigada do famoso quantitative easing. Se for o que parece, bancos e empresas … Ler mais

Como o BCE evitará que a liquidez prometida não redunde em bolhas?

Há uma frase enigmática na declaração de hoje do BCE, (ver “BCE passa a exigir pagamento aos depositantes“) entre as medidas de intervenção monetária cujo deciframento se revelará crítico para perceber até que medida as facilidades de crédito ao setor privado agora prometidas pelo BCE não terminarão do lado errado da equação desejada, ou seja, … Ler mais

BCE passa a exigir pagamento aos depositantes (atualizado II)

O BCE passa a exigir pagamento aos bancos depositantes a partir do próximo dia 11 de junho de 2014. Esta alteração para taxas nominais negativas na taxa de remuneração dos depósitos colocados junto do Banco Central Europeu é histórica e era já esperada. Estas taxas negativas deverão manter-se por um longo período podendo vir a … Ler mais

A inflação deixou de tirar o sono aos Bancos Centrais

Depois das declarações recentes vindas do Banco Central Europeu que deram testemunho de uma expetativa de crescimento dos preços muito moderada em 2012 (abaixo dos “míticos” 2%) e do lançamento de 88 mil milhões de euros na economia britânica por parte do Banco de Inglaterra (ver “Banco de Inglaterra injecta 75 mil milhões de libras … Ler mais