Casas em hasta pública com valor mínimo indexado à avaliação bancária

Segundo o Jornal de Negócios, em Espanha, o governo legislou recentemente sobre um conjunto de medidas de protecção às famílias que perdem a sua casa, nomeadamente, por entrarem em incumprimento quanto às suas obrigações de crédito. Entre as deliberações efectuadas, destaca-se o facto de, chegando-se à situação de se entregar a casa ao banco e de esta ir para hasta pública, o valor mínimo de licitação não poder ser inferior a 60% da avaliação bancária pré-existente. Nesta decisão é apresentada como uma forma de restringir as situações de abuso e de desvalorização excessiva dos imóveis. Note-se que em Espanha (e estamos em crer que também em Portugal) estão em curso processo judiciais no sentido de se decidir se a entrega da casa por conta da dívida por pagar é bastante para se considerar a dívida ao banco como saldada.

Ler mais

Reestruturação: fatal como o destino?

A ler: “The likes of Portugal should default on their debt” (em inglês). Um excerto: ” (…) Beyond these manageable issues, however, economic, financial and electoral self-interest have prevented Germany from discussing the default option. Likewise, France and Italy, both of whom possess higher debt-to-GDP ratios than Portugal, have benefited

Ler mais

Hipótese forte: Fim Total ou Parcial dos Subsídios de Férias e de Natal (act.)

[wp_ad_camp_1] Tal como avança hoje o Jornal Público é bem provável que as pensões (e talvez, pelo menos parcialmente, os salários) venham a ser um dos principais alvos no compromisso a definir com a troika que anda a avaliar em que condições nos irá emprestar dinheiro. Talvez seja um cenário extremo, talvez

Ler mais

E se devolver a casa ao Banco caso não consiga pagar o empréstimo?

[wp_ad_camp_1] Nos Estados Unidos, no auge da crise do sub-prime, perante a desvalorização abrupta das casas fruto do rebentamento da bolha especulativa  que havia sido alimentada durante anos, muitos cidadãos que tinham créditos a pagar por conta da habitação começaram a entregar as casas aos credores (geralmente bancos). Primeiro terão

Ler mais