Turismo superou níveis de 2019 em abril de 2022

O INE divulgou as estatísticas rápidas da atividade turistica referente a abril de 2022 e revelou que o turismo superou níveis de 2019 (mês homólogo) pela primeira vez desde o início da pandemia por sars-cov-2.

Segundo o INE, em comparação com abril de 2019, o mercado interno cresceu 15,0% e os mercados externos diminuíram 4,4% tendo, em termos globais, havido já mais atividade.

PUB

O número de estabelecimentos que permanece encerrado sem atividade está também a cair rapidamente.

O INE informa ainda que:

O setor do alojamento turístico registou 2,4 milhões de hóspedes e 6,0 milhões de dormidas em abril de 2022, correspondendo a aumentos de 424,6% e 548,4%, respetivamente (+462,6% e +540,6% em março, pela mesma ordem). Face a abril de 2019, registaram-se crescimentos de 1,6% e 1,1%, respetivamente. É a primeira vez, desde o início da pandemia, que se registam crescimentos face ao período homólogo anterior à pandemia. 

Em abril, o mercado interno contribuiu com 1,9 milhões de dormidas e os mercados externos totalizaram 4,1 milhões, o maior valor desde o início a pandemia.

INE, Atividade Turistica, abril de 2022

O ritmo de recuperação de atividade estará a surpreender os mais otimistas e colocando desde já pressão sobre as infraestruturas que, em 2019, estavam no limite da capacidade como o Aeroporto Internacional de Lisboa. Recorde-se que a IATA esperava que o tráfego aéreo só retomasse os níveis pré-crise em 2025 algo que em Portugal se prepara para suceder com vários anos de antecedência.

Sublinhe-se que, para já, ainda há caminho a fazer junto dos mercados externos que continuam ligeiramente abaixo de 2019 estando o mercado interno a liderar com grande fulgor a retoma da atividade levando-a para níveis históricamente elevados.

PUB

Um comentário

Deixar uma resposta