Indicador de Clima Económico melhora em outubro de 2022 com empresários mais otimistas

O Indicador de Clima Económico melhora em outubro de 2022 após três meses de queda. Todos os setores de atividade registaram, em outubro, uma melhoria dos respetivos indicadores de confiança.
Indicador de Confiança dos Consumidores continua em queda, ainda que de forma marginal. Destaca-se ainda que as expectativas de evolução futura dos preços pelos consumidores registou uma forte queda em novembro na sequência da queda já apurada em outubro. Os consumidores estão assim mais otimistas quanto à evolução dos preços enquanto assinalam que os preços aumentaram significativamente nos últimos 12 meses (a série registou, aliás, o máximo histórico em setembro de 2022).

O indicador de confiança dos Consumidores diminuiu entre setembro e novembro, apenas marginalmente no último mês, atingindo um valor próximo do registado em abril de 2020 no início da pandemia. O saldo das opiniões dos Consumidores sobre a evolução passada dos preços diminuiu em novembro, após ter renovado em outubro o valor máximo da série, na sequência da trajetória marcadamente ascendente iniciada em março de 2021.

O indicador de clima económico  aumentou em novembro, após ter diminuído entre agosto e outubro. Os indicadores de confiança da Indústria Transformadora, da Construção e Obras Públicas, do Comércio e dos Serviços aumentaram relativamente a outubro.  

Os saldos das expectativas dos empresários sobre a evolução futura dos preços de venda diminuíram na Indústria Transformadora, no Comércio e, de forma ligeira, na Construção e Obras Públicas, enquanto nos Serviços este saldo aumentou, embora permanecendo num nível inferior ao máximo da série registado em abril.

In INE, Inquéritos de Conjuntura às Empresas e aos Consumidores
Fonte: INE

Deixar uma resposta