O que é o Forex?

Europa

Forex, FX (Foreign Exchange), i.e. o mercado de câmbio internacional, é o maior e mais líquido mercado do mundo. Embora a sua função inicial o de permitir e simplificar o hedge cambial e evitar riscos cambiais no comércio entre países, a maioria das transações atualmente é circunscrita a este mercado, isto é, 90% das transações são motivadas pelo lucro potencial da especulação quanto às flutuações de preços.

 

O Forex é um OTC (Over The Counter), ou seja, um mercado de balcão. Isto significa que o mercado está fora de bolsa, não tendo uma sede ou local específico registado (não é centralizado como, por exemplo, as bolsas de valores de Nova York ou Londres), mas é gerado por um grande número de transações singulares concluídas entre várias entidades.

 

Os principais participantes do mercado Forex são grandes instituições financeiras (bancos e fundos de investimento). No entanto, o progresso tornou este mercado acessível não só aos “grandes” players mas também a praticamente qualquer pessoa – na prática, tudo o que precisa é de ter acesso à Internet. Portanto, a especulação Forex por meio de Contratos derivados por diferença (CFD) tornou-se possível mesmo para investidores principiantes.

 

Para poder negociar esses CFDs, basta aceder a um intermediário do mercado: o Forex Broker. O Forex Broker é um Corretor de Forex, isto é, uma instituição financeira que permite que clientes individuais (e outros) invistam no mercado financeiro por meio de plataformas de transações on-line. Para poder operar, qualquer corretor deve ter uma licença da autoridade de supervisão financeira competente e oferecer os seus serviços de acordo com a lei e regulamentos vigentes.

 

O que é um par de moedas?

Forex é o local de negociação de pares de moedas e cada um deles compreende uma moeda base (primeira do par) e uma moeda cotada (segunda do par).

O preço (taxa de câmbio) é a relação entre as duas moedas, ou seja, se a taxa de câmbio EUR / PLN for 4,2705, isso significa que 1 euro = 4,2705 PLN. Repare ainda que a taxa de câmbio do par de moedas é sempre denominada na moeda cotada, por exemplo: o preço do EUR / USD é denominado em dólares americanos, enquanto o preço do EUR / GBP em libras esterlinas.

 

Convencionalmente, os pares de moedas são divididos em:

  • Principais – pares que incluem moedas das maiores economias do mundo (por exemplo, EUR / USD, GBP / USD ou USD / CHF);
  • Menores – pares de moedas secundárias com menor significado global (por exemplo, CAD / CHF, NZD / JPY, EUR / SEK)
  • Emergentes – pares de moedas exóticas em que uma das moedas do pare é de um país com um mercado emergente (por exemplo, USD / RON, EUR / PLN, USD / CZK).

 

A taxa de câmbio do par de moedas é sempre composta por dois preços: preço de venda (BID) e preço de compra (ASK). Lembre-se de que as transações de venda são sempre abertas ao preço do BID (e fechadas ao preço do ASK), enquanto as transações de compra são abertas ao preço do ASK (e fechadas ao preço do BID).

 

Exemplo:

Se a cotação do PLN mostrar os preços 1512,60 / 1512,95, significa que a transação de compra será concluída ao preço de 1512,95, enquanto a transação de venda ao preço de 1512,60.

 

Para saber mais informações sobre forex e mercados cambiais visite o site da XTB

 

ATENÇÃO: o investimento em contratos de derivados sobre divisas (FOREX) como todos os investimentos, tem riscos. Neste artigo explicam-se alguns aspetos técnicos e nomeaclatura associada, não fazemos recomendações de investimento. Procura-se acima de tudo informar.

Antes de investir averigue quais são os riscos, como mitigá-los e se se adequam ao seu perfil de risco. 

Não há nenhum bom investidor que não seja um investidor bem informado.

Tagged under:

Deixar uma resposta