O que deve saber sobre o mercado Forex?

By Mercados Leave a comment

Custa a acreditar que o Forex continua a ser um mercado financeiro relativamente desconhecido, principalmente considerando que é tido como o maior mercado financeiro do mundo. Mas quando se fala em investimentos económicos de larga escala, a primeira coisa em que a maior parte dos investidores pensa continua a ser no mercado de acções.

Vêem-nos à cabeça as imagens típicas dos corretores de Wall Street, dos números no ecrã, dos títulos ultra-valorizados das maiores empresas do mundo, das bolhas e dos crashes… Mas o que diria se lhe disséssemos que no Forex se negoceiam volumes 9,63 vezes superiores ao do mercado de acções? Ou que no Forex circulam diariamente uns impressionantes 5 triliões de dólares?

 

Mas afinal, o que é o Forex, e porque é que você ainda não ouviu falar daquele que é tido como o maior mercado financeiro do mundo?

Para mais informações, você pode consultar este link, onde o Forex é definido e explicado em grande detalhe. Mas permita-nos fazer um pequeno resumo. Em termos básicos, o Forex (acrónimo da expressão inglesa para foreign exchange) é o mercado financeiro descentralizado onde se operam todas as transições de câmbio. Ou seja, sempre que um negócio envolve dois tipos de moeda (como por exemplo, o dólar americano e o euro), o Forex pode desempenhar um papel importante.

Como o Forex actua predominantemente sobre as diferenças entre valores de moedas ao invés de bens especulativos, pode ser considerado um mercado relativamente estável. É, além disso, impressionante devido aos grandes volumes que envolve: não é por acaso que os maiores investidores do mundo – como Governos ou grandes empresas multinacionais – investem tanto neste mercado.

Além de apresentar grandes oportunidades para investidores, o Forex ajuda empresários e produtores a atenuar o risco envolvido em transacções multinacionais, garantindo que contratos futuros entre ambos não dependam de uma eventual descida ou pico no preço base de uma moeda.

 

É possível investir no Forex de forma independente?

Mesmo que o Forex seja o maior mercado do mundo, e uma das plataformas financeiras favoritas dos grandes “tubarões” da economia mundial, o Forex pode apresentar excelentes oportunidades para investidores privados que procurem rentabilizar o seu capital de forma independente. Felizmente, apostar neste promissor mercado nunca foi tão fácil como agora. Através da Internet é possível encontrar uma série de diferentes corretores que garantem acesso rápido e barato ao mercado Forex. Através deste link é possível aprender mais acerca dos diferentes tipos de corretores Forex que estão ao alcance do investidor comum.

No momento de investir, lembre-se que, tal como no mercado de acções, existem mil e um possíveis motivos para justificar o aumento ou descida do valor dos seus investimentos. Desde a oferta e procura até à instabilidade político-económica, todos os factores que se reflictam sobre o valor de uma moeda devem ser equacionados no momento de investir. Embora moedas como o Iene se estejam a tornar cada vez mais populares nos mercados financeiros, os “velhos conhecidos” do dólar, da libra, e do euro continuam a constituir a preferência dos investidores.

 

ATENÇÃO: o investimento em contratos de derivados sobre divisas (FOREX) como todos os investimentos, tem riscos. Neste artigo explicam-se alguns aspetos técnicos e nomeaclatura associada, não fazemos recomendações de investimento. Procura-se acima de tudo informar.

Antes de investir averigue quais são os riscos, como mitigá-los e se se adequam ao seu perfil de risco. 

Não há nenhum bom investidor que não seja um investidor bem informado.

Tagged under:

Deixar uma resposta