Inflação regressa a um nível acima da linha de água

Os dados de junho de 2020 referentes à inflação homóloga revelam uma variação significativamente diferente da apurada em maio, no sentido de um incremento dos preços. Recorde-se que em mais a variação homóloga tinha sido negativa em 0,7%. Dito isto convém destacar que em julho a inflação regressa a um nível acima da linha de água, mas por muito pouco: 0,1%.

A variação média dos últimos doze meses – a taxa de inflação de referência – foi 0,1%, taxa que se manteve face ao ano acabado em maio.

 

Inflação em Junho de 2020

O INE destaca ainda que:

O agregado relativo aos produtos alimentares não transformados registou uma variação homóloga de 5,2% em junho (5,0% em maio), enquanto o índice referente aos produtos energéticos apresentou uma taxa de variação de -7,4% (-10,9% no mês anterior).

(…) por classes de despesa e face ao mês precedente, é de destacar o aumento das taxas de variação homóloga das classes dos Transportes (classe 7) e do Vestuário e calçado (classe 3), com variações de -2,0% e -5,4%, respetivamente (-4,2% e -7,3% em maio).

Em sentido oposto, assinala-se a diminuição da taxa de variação homóloga da classe da Habitação, água, eletricidade, gás e outros combustíveis (classe 4), com uma variação de -0,9% (-0,8% no mês anterior).

Nas classes com contribuições positivas para a variação homóloga do IPC (…), destacam-se as classes dos Bens alimentares e bebidas não alcoólicas (classe 1) e dos Restaurantes e hotéis (classe 11).

Nas classes com contribuições negativas salientam-se as classes dos Vestuário e calçado (classe 3), dos Transportes (classe 7) e do Lazer, recreação e cultura (classe 9).

Mais detalhes no INE.

Tagged under:

Deixar uma resposta